29 de julho de 2009

Amor maior que eu...

Ela apareceu na minha vida a alguns anos. Uns vinte e "poucos" anos (pra não ficar deselegante...rsrs...).

Seus olhinhos pretos, seu cabelinho arrepiado...não me comovi muito na época, era só mais uma a se juntar à branquelinha para me tirar o trono...

Ela passou um tempo pela minha vida sem marcar muita presença, vivíamos cada uma na sua. Vivendo nossas vidinhas particulares, distantes no tempo, pelos anos que nos separavam.

Apesar de sempre a ter amado, custou um pouco a nós entendermos o papel que desempenharíamos na vida uma da outra lá na frente.

Hoje, brinco que ela é minha irmã gêmea, idêntica e que nossa única diferença são os 06 anos de idade que nos separam...

Tenho certeza que Deus não mandou ela pra minha vida à toa. Foi pra me fazer uma pessoa melhor, pra eu ter com quem dividir alegrias, tristezas, sonhos e decepções.

Neguinha, agradeço a Deus todos os dias por você existir, por ser minha irmã e minha melhor amiga, por me suportar e me perdoar...

Te amo muito e te desejo toda felicidade do mundo.

Um comentário:

somebody disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.