17 de novembro de 2009

Os melhores


Esses dias ouvi uma moça dizer que tem uns 20, 30, 40 melhores amigos. Será mesmo? Tomara que sim. Sortuda ela, se tiver.

Eu sou de poucos amigos. Conheço muita gente, vivo cercada de pessoas, mas amigos de verdade, daqueles pra quem você pode contar seus segredos, chorar suas mágoas, pedir dinheiro emprestado (rs...), dar bronca, pedir colo...são poucos.

Acho que dá pra contar nos dedos das minhas mãos quem são meus melhores amigos e creio que ainda assim sobra dedo, mas isso não me chateia, porque eles são "OS" melhores.

São meus apoios, com quem divido meus melhores e piores momentos. Nas alegrias e tristezas estão sempre pro que der e vier.

Na verdade, a maioria deles faz parte da família e além da amizade, os laços que nos une faz tudo isso ser mais profundo e mais verdadeiro.

Meus melhores amigos me aguentam, me ensinam, me suportam, me ajudam, me amam, me odeiam, me dão chacoalhões, me fazem rir, me fazem chorar, me pedem carinho, me dão a mão.

São poucos, porém, os melhores.


Um comentário:

somebody disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.