5 de março de 2010

Pra fora

Essa semana tive vontade de chorar. Sabe quando dá aquele aperto na garganta e os olhos ardem que chega doer? Pois não saiu uma lágrima sequer dos meus olhos. Nunca aconteceu nada parecido comigo, porque sou uma manteiga derretida, choro assistindo tv, choro olhando no espelho, choro sem vontade de chorar, mas nesse dia, nada.

Tive vontade de chorar pela vida corrida que levo, pela minha filha morrendo de sono dormindo no banco de trás do carro no caminho pra casa. Tive vontade de chorar pelas crianças quase da idade dela que estavam procurando comida no lixinho da praça.

Tive vontade de chorar pelos amores mal resolvidos, pelas pessoas perdendo tudo nas tragédias que estão acontecendo mundo afora. Tive vontade de chorar por não saber do futuro.

Tive vontade de chorar pela minha mãe que sofre de saudade. Vontade de chorar pela dor de estomago que estava sentindo por ter almoçado tão rápido e por não ter mais tempo de fazer uma refeição decente.

Tive vontade de chorar pela indiferença, pela falta de compreensão e pela falta de amor que existem nesse mundo.

Consegui chorar agora escrevendo esse post. Lembrando que ao menos, com essas lágrimas, consegui colocar pra fora os motivos da minha amargura.

Me sinto bem melhor agora...

9 comentários:

Nalva disse...

Para mim, chorar significa fazer uma faxininha interna, sabe?
Quando fico muito tempo sem dar uma choradinha básica, parece que o meu organismo vai acumulando tanta poeira que começa a me fazer mal e não consigo focar em mais nada. Daí, abro o berreiro, mesmo sem nenhum motivo aparente (ás vezes, a TPM!! HIHIHI!).
Bj e adoro seu blog!

Jair Gabardo. disse...

Busca Interna

Chorei e consegui lembrar quem sou, por onde anda os diversos sentimentos meus, contínua busca em mim mesmo, mar profundo eu sou.

Forte abraço,

Jair Gabardo.
www.paraquefiquem.blogspot.com

Larissa L. disse...

oi! achei seu blog completamente por acaso.. mas adorei!
adorei o jeito intenso como sente e como escreve o que se passa com vc, me identifiquei bastante!
que bom que conseguiu chorar pelas coisas que disse, mesmo que pouco, chorar faz bem pra alma, alivia...
bom, continuarei te visitando aqui!
até mais e um beijo grande!
Larissa.

Renatinha disse...

isa... quanto tempo não nos "lemos".... é verdade as vezes tenho vontade de chorar pela vida que podia ter sido, pelas histórias que não aconteceram e por tantas coisas que emperra o choro... e faz tão bem deixar sair...
beijos e saudades daqui
Re

Isa disse...

Nalva,
é bom né?!Obrigada!


Jair,
Que lindo!


Larissa,
Bem vinda! Que bom que gostou!


Rê minha linda!
Saudade!
Eu te leio sim, é que estou sempre correndo tanto que não dá tempo de comentar, mas estou sempre te acompanhando. E o nosso encontro, estou esperando!
Bjão, obrigada pela visita!

Cristiny* disse...

Olá adorei o post...vagando por um acaso o encontrei seu blog.
Ah se todos pudessem parar pra chorar por tudo o q tem acontecido. Isso significaria ao menos que a gente tem se importado um com o outro...
Um abraçao! ^^

Tey Alexandre SilFonSoares disse...

Eu choro, sem culpas nem remorsos de chorar... nao escondo o rosto quando choro!! mas infelizmente choro cada vez menos!! Não se deve perder o tubo de escape...nunca!!

PS .. ja sou teu seguidor...

Dá uma checada ... se puder...

http://teyalex.blogspot.com/

Isa disse...

Cristy

Obrigada pela visita! Volte sempre.

bjs



Tey

É bom se libertar, né?! A impressão que tenho é que se botar pra fora, acaba fazendo mal...
Bem-vindo tb e obrigada!

bjs

somebody disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.